A AMPEF

Associação das Administradoras de Meios de Pagamento Eletrônico de Frete (AMPEF) foi constituída no dia 20 de março de 2012, com a finalidade de congregar e representar as empresas dedicadas à administração de meios de pagamento eletrônico de frete, que estejam regularmente habilitadas como tal pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), e tenham sido admitidas como associadas.

A AMPEF foi criada e está sediada em Brasília (DF) com o objetivo principal de facilitar a interlocução e o relacionamento com os órgãos governamentais envolvidos com a atividade, notadamente com a ANTT e o Ministério dos Transportes, bem como com os meios de comunicação e as entidades representativas do setor de transporte e das demais atividades econômicas e profissionais.

O presidente executivo da AMPEF é o Selmo Umberto Pereira e atualmente são seis empresas associadas, todas homologadas pela ANTT como Administradora de Meios de Pagamento Eletrônico de Frete.

Porque a AMPEF fica em Brasília?

A AMPEF tem sua sede em Brasília (DF) para, principalmente, facilitar a interlocução e o relacionamento com os órgãos governamentais envolvidos com a atividade.

Diretoria Executiva

A Diretoria Executiva da AMPEF é constituída por quatro membros, indicados pelas empresas associadas e eleitos através de assembleia geral.

Atualmente, é constituída por:

Presidente executivo: Selmo Umberto Pereira

Vice-presidente administrativo e financeiro: Ricardo Albregard

Vice-presidente institucional: Raphael Barbosa di Salvi Rodrigues

Vice-presidente jurídico: Antonio Carlos Marques Mendes

Quantos e quais são os associados?

O que é uma administradora?

A Administradora tem como propósito garantir a aplicação da Lei nº 12.249/10, que visa proteger o TAC na relação de transporte, especialmente para prevenir e sancionar condutas irregulares eventualmente praticadas contra o TAC, A Administradora também zela pela retidão no pagamento do frete sob a ótica pública (recolhimento de tributos) e pelo cumprimento de toda a legislação e regulamentação específica vigente.

Além de exercer uma relevante posição na intermediação do pagamento de valores envolvidos na operação de frete, a Administradora também assume a responsabilidade de validar, controlar e reportar toda a documentação exigida por Lei ou por regulamento específico. Exemplo dessa atuação é a disponibilização à ANTT dos dados relativos a cada Código Identificador da Operação de Transporte; a disponibilização. Além de exercer uma relevante posição na intermediação do pagamento de valores envolvidos na operação de frete, a Administradora também assume a responsabilidade de validar, controlar e reportar toda a documentação exigida por Lei ou por regulamento específico. Exemplo dessa atuação é a disponibilização à ANTT dos dados relativos a cada Código Identificador da Operação de Transporte.

Quem a associação representa?

A AMPEF representa as empresas dedicadas à administração de meios de pagamento eletrônico de frete que estejam regularmente habilitadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Operação de Transporte; fornecer ao proprietário ou consignatário da mercadoria transportada as informações relativas aos seus embarques, mediante informação do Código Identificador da Operação de Transporte; garantir a confiabilidade e a confidencialidade de todas as informações constantes dos sistemas relacionados aos meios de pagamento eletrônico de frete; enviar ao contratado o comprovante de renda anual, consolidado mês a mês, dos créditos de frete e permitir consulta de saldo ou extrato. Terceirizar esta operação permite que a empresa contratante do Transportador Autônomo de Carga (TAC) continue focada no seu negócio, com ganhos operacionais, financeiros e de gestão.

Para que foi criada?

Para facilitar a interlocução e o relacionamento com a ANTT e outros órgãos governamentais envolvidos com a atividade, como o Ministério dos Transportes, e promover uma auto regulação em um setor tão complexo quanto o de transporte de cargas. A AMPEF também visa construir relacionamento com os meios de comunicação e as entidades representativas do setor de transporte e das demais atividades econômicas e profissionais.

O que é conhecimento eletrônico?

Trata-se do documento eletrônico emitido e armazenado eletronicamente que tem a função de documentar a prestação do serviço de transporte de carga, o que traz segurança e atende uma exigência fiscal. O conhecimento eletrônico é garantido por uma assinatura digital e pela autorização de uso do documento eletrônico, fornecida pelo Fisco.

Estatudo AMPEF

Confira no estatuto